domingo, 25 de setembro de 2011

Hj o assunto é sério

Quem acompanha o Les Insone, vê sempre ali do lado a indicação do Blog da Rose, o Elas e Elas.
Maravilhoso Blog para download   de filmes para meninas. Que adoro acompanhar.

A Rose Passa com muita coragem e força por uma luta contra o cancer de mama.


De maior coragem ainda, achei a iniciativa dela do seu novo Blog: http://somosamigasdopeito.blogspot.com
  Onde ela conta a sua história, e assim, conscientiza as pessoas, ajudando a salvar muitas vidas.

O Somos Amigas do Peito,  merece ser visto e acompanhado.

Sou enfermeira Oncologista e acompanho sempre a luta dos meus pacientes. E Sei o quanto o apoio e o amor dos amigos e familiares é importante.

Rose, não somos amigas, mas fique com mH força e carinho.


terça-feira, 13 de setembro de 2011

O Sorrisão

 Eu tinha uma paciente particular
Que por ter sofrido um AVC (o popular derrame) ela tinha a boca meio torta e não usava dentadura.
Trabalhava na casa dela alguns dias na semana.
Tinha 98 anos a D.Emília, de uma família rica, mas super canguinha e pão dura.

A vovozinha tinha o sonho de recolocar seus dentes, mas deveria ser feitos dentes novos. Eu informei a família que a dentadura velha não serviria mais. Fui ouvida? Claro que não né?

Numa festa de família, uma das netas chega com a dentadura velha, eram cerca de 11h. E põe na boca da vó. E ela mantém um LINDO e enorme sorriso. 


13h: fomos pra mesa almoçar e a velha ainda estava sorrindo
- Quer almoçar D.Emília? (eu perguntava)
Ela levantava a mão e acenava com a cabeça em negativa, mas sorrindo



 14h: A primeira parte do almoço chegava ao fim e a velha ainda estava sorrindo
- quer sobremesa?
Ela levantava a mão e acenava com a cabeça em negativa, mas sorrindo.



 
15:30h, saímos da mesa e a Velha sempre sorrindo.


Por volta das 16h, pedi licença a família, pra levar a paciente pro quarto, pois já fazia muito tempo que ela estava sentada, afinal, ela tinha 98 anos.

Quando chegamos no quarto:
- Rumm, humm, hum, hum, rummm
- que foi D. Emília?
- Rumm, humm, hum, hum, rummm (e ela fazia gestos pra tirar a dentadura. Pus a luva e ajudei a vó, que cuspiu a  perereca fora)

- ai graças a Deus, não agüentava mais segurar essa merda que estava caindo da mH boca. Bando de família infeliz que nem pra me dar dentes novos presta. To caindo de fome.

- Mas D. Emília pq a senhora não falou antes?e parecia tão feliz sorrindo o tempo todo

- E perder a pose? Na frente de todo mundo? Eu fiquei com fome, incomodada, boca dormente, mas sou chique mH filha. 
e eu não estava sorrindo,estava segurando pra não cair os dentes da boca.




É nessas horas que eu prefiro ser pobre, fala sério viu.


Essa família já me aprontou cada uma, vale um novo post sobre a comida que eles ofereciam a mim e mH colega de trabalho. A gente tinha que comer na rua pra não passar fome, conto depois...

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

A Premonição



Saí hj de manhã  de mais um plantão.

E como não poderia deixar de ser, foi cômico, tenho bons colegas de trabalho, que em fazem rir.

Um é um EX (???) viado. Que só vive dando pinta, e desmunheca qdo algo o tira do sério. O outro é um recém convertido evangélico que tenta me converter a todo custo.
Esse deve ser meu colega EX indo a igreja

Chegamos na enfermaria, com 24 doentes em pós cirurgia (ou seja, com dor, vomitando, com drenos, etc...) O Caos estava reinando, recebemos um péssimo plantão, e levamos cerca de 2h pra conseguirmos por em ordem e arrumar todos os pacientes.

E do nada o meu EX manda:
- Gi, acabei de ter uma visão de vc grávida.
- como assim visão? Ta louco
- Sim, uma premonição.
- E lá na sua igreja tem dessas coisas?
- Um anjo do senhor veio me dizer que vc vai ficar grávida.
- Filho, entenda... Já mudei de vida justamente pra não passar por esses sustos, sua visão ta meio furada ta?
(ele dava gargalhadas altas como é do jeito dele)

O plantão foi seguindo
E temos direito a algumas horas de descanso, (em plantões calmos 3h e em mais difíceis 2h, as vezes nem 15min) dessa vez daria pra tirarmos 3h

O meu EX ronca muito, ele foi descansar na sala dos médicos e eu na copa.
O Messias (o nome dele não é esse, mas é da bíblia tb) ficou na enfermaria em esquema de horários.

Cerca de 30min depois ouvimos um grito

-ENFERMEEEEEEEEEEEEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIRAAAAAAA
SOCOOOOOOOOOOOOOOOOORRO, ME AJUDAAAAAAAA

Eu estava deitada de Top, sem a camisa do pijama, e qdo me vesti correndo, o lençol ficou preso por baixo da camisa.
O EX saiu sem camisa e um pé calçado e outro não.
Entramos na nossa enfermaria e tudo “parecia calmo”,  desesperados corremos pra maternidade e lá tb estava maior silêncio

O Grito ecoou de novo:
-ENFERMEEEEEEEEEEEEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIRAAAAAAA
SOCOOOOOOOOOOOOOOOOORRO

Achamos o grito, era do banheiro, e uma paciente ENORME resolveu sair da cama pra ir ao banheiro com a filha, enquanto o Noé (é tudo da bíblia) estava atendendo outro paciente.
Ao tentarmos levantar a paciente do sanitário, pois ela havia tido uma vertigem, o EX percebeu que eu estava com uma “barriga” sobressalente, e começou a gritar:
- Olha gi, vc ta grávida, a mh visão tava certa.
- Ex, para com essa palhaçada e me ajuda a levantar a paciente.
- Messias, olha a Gi ta grávida.

Eu segurava a paciente com as 2 mãos e não conseguia larga-la pra puxar o lençol que sabe como ficou preso ali.
Os meninos riam da mh cara, a paciente que já estava melhor ria tb, e até a filha dela (que deu os gritos) tb ria.
A paciente que estava meio desorientada ainda me diz:
-deixa que eles me ajudam que vc pode prejudicar o bebê.

Aff
Era só o que me faltava, nem disse mais nada e saí do banheiro coma mh barriga de 8meses. 


quase isso... kkk mentira, nem tanto...




terça-feira, 6 de setembro de 2011

Fundo do Poço


Mh vida é sempre uma correria,
Sou enfermeira,
Tenho uma loja. Tenho casa, esposa, cachorros, e até uma papagaia. Sim, ela é fêmea.
E eu, desembestada e destrambelhada como o tamanho já ajuda, só vivo me machucando, caindo, ou derrubando coisas.

Eu era criança ainda. Uma SapaKids sem saber, na época. Uma premonição do futuro. Jogava bola, subia em árvore, Soltava pipa na rua com meu irmão e os colegas dele. 

Eis que ele pede que eu segure a pipa pra ele puxar

- Mais pra trás
- Tá bom?
- Não, mais pra trás
- Ta Boommm???
- Não, mais pra trás
(mais distante)
- E AÍI???? TÁ BOMMM???????
- Não, mais pra trás, só mais um poucooo (voz longe...)

- E agooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Meu irmão puxou a pipa, e saiu todo feliz empinando ela.
E eu?
Bemmm...

- Anderson, me ajuda, Andinhooooooooooo, socorro
(5 minutos depois)
- Meninos, eeeeiiiiiiii, alguémm
(15 minutos depois)
- MÃEEEEEEE
(40minutos depois)
- Buáááa, ahhhhhhhhhh, buáaaaaa

Quase uma hora depois surge uma boa alma, uma senhora vindo do trabalho, e escuta o BUEIRO falando com ela.
- Ei, vc passando na rua, me ajuda aqui, buáaaaaaaaaaa

Ela me estendeu a mão, e eu finalmente saí do bueiro.
A essa altura, meu irmão já tinha levado uma surra em casa, e estavam todos na rua me procurando, pq certamente fui seqüestrada.

Quando entrei pela porta, toda molhada (graças a Deus era bueiro de águas Pluviais) com as pernas todas feridas e a cara inchada de tanto chorar, só Anderson estava, os demais estavam em mh busca.


Bati mais no meu irmão, que me deixou cair no bueiro e ainda me esqueceu. Quando meus pais e vizinhos voltaram da busca o Redevu estava armado em casa, comigo  correndo atrás de Anderson com um cabo de vassoura (que eu já tinha quebrado nas costas dele).
Mas bem, não tinha sido seqüestrada...

Ainda bem que não era nos dias de hj com bueiros explosivos no rio de janeiro

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Como Vai?


Hj me perguntaram como vai a dieta.
Ora, como assim? A dieta vai bem. Eu é que ando estressada, enjoada, inquieta, perdendo roupas, sem dormir direito, agitada, mas to super bem!
Tenho uma festa pra ir domingo e vou ter que comprar roupas novas. O peso diminui, mas meu salário vai junto.
Fora isso, a dieta vai bem obrigada e manda abraços calorosos, sobretudo qdo meu estômago ronca.

Toda sapa que se preze, gosta de comer bem. em todos os sentidos.

Era aniversário da mh mulher. Eu combinei com ela de ir primeiro ao Motel, pq queria fazer uma surpresa e ela ir depois de táxi.
Cheguei, pedi a suíte presidencial, decorei a cama com pétalas de rosa. E assim Tb fiz um caminho até a porta do quarto. Pus velas flutuantes na piscina, deixei tudo em meia luz
Vinho no balde de gelo, CD especial pra tocar, pedi uma entrada especial, arrumei a mesa, e tinha levado uma mini torta de nozes, que ela adora.

Ela chegou. Linda, me deixando com um sorriso com cara de demente.

Qdo a beijei, senti a temperatura super alta... Não, não era tesão. Era Febre.  
Disse que iríamos pra casa, mas ela disse que estava bem, decidimos ficar.

Peguei a garrafa de vinho, só pra fazer um charme, afinal, ela com febre, não iria deixá-la beber. E de repente
PUFFFF lá se vai a garrafa de vinho no chão. Sujou toda a pista de dança do quarto, uma lambança só...
Com o antitérmico, ela já havia melhorado, e fomos namorar... tudo bem que era pra eu ter tirado a decoração da cama antes de deitar né? As pétalas de rosa me deram uma coceira sem tamanho nas costas.
Ok, melhor jantar e ir dormir.

Pedi algo pra comer, e jantamos. A Bichinha voltou a queimar em febre, dei mais um antitérmico e ela apagou. Dormiu feito um anjo. E eu fiquei vendo TV.
Eis que de madrugada a mh barriga começava a dar sinais de que algo estava errado.
E assim passei o resto da noite de aniversário da mh mulher: reinando.

Ela acordou ótima e linda no dia seguinte e eu com uma cara de acabada.

A Piscina, o vinho, as velas, o CD... tudo ficou pra outra ocasião.
O bolo levamos pra casa e repartimos com os parentes...

assim foi a mh noite. 

Não sei se eu sou azarada demais ou se era pra acontecer tudo isso pra eu contar pra vcs.

domingo, 28 de agosto de 2011

A primeira vez



Nem sempre fui Lesbica. É verdade.
Já fui Ht (hétero, pra quem não é íntimo da linguagem) tive namorados, fui noiva.
Não foi nenhuma decepção que me fez virar Les, como muitos pensam, foi o amor.
Pura e simplesmente o amor.

E depois de um tempo de relação, resolvi encarar um sex shop. Pra comprar uns tais géis térmicos pra massagem. E há quase 10 anos atrás, internet era para poucos...

Eu, tímida que só, fui sozinha, pq mh mulher claro, tinha que deixar eu pagar esse mico só. Ela jamais entraria numa sex shop (aliás até hj, se ela entrou 2x foi muito)

Escolhi um sex shop bem escondido. No subsolo de uma galeria.
Ok desci as escadas rolantes e me deparo com um manequim vestido com uma tanga de ELEFANTE. Passado o susto inicial, rondei a frente da loja como se estivesse procurando algo caído pelo chão. Num dado momento, qdo ninguém estava olhando, ME JOGUEI pra dentro da loja. E ao entrar, crente que eu estava a salva. Tinham 2 casais e 3 meninas na loja.
PQP, todo mundo resolveu comprar brinquedos na mesma hora que eu?
Qdo eu ia fugindo sorrateiramente a vendedora me segura pelo braço. A mh cara não poderia estar mais vermelha. Enfim, pedi pra ver o gel.
E a vendedora, quase grita:
- ahhhhhhhhh mas eu tenho um ótimo que esquenta e é adstringente, a vagina fica toda inchada.
PUTZ eu queria um buraco pra me esconder. Nesse momento todos os fregueses da loja estavam a mh volta pra ver o tal gel. Que há quase 10 anos atrás era super novidade.

Disse que ia levar e queria sair correndo da loja, mas a vendedora não deixou.
Veio me mostrar um gel que qdo o PENIS (oi? Hein? Como assim? )então, qdo o pênis entra a parada aquecia, e qdo saía o gel deixava gelado.
Eu olha pra ela com cara de “- Meu amoooorrrrrr eu to com cara de quem quer deixar penis entrar e sair hein?”

Não satisfeita, ela ainda pegou uma cinta com penis e VESTIU.
Sim, ela vestiu e mostrava como usar... como um buraco não me tragava da terra, eu estava a ponto de simular uma síncope e tal... mas seria pior.
O que fazer?
As pessoas da loja me olhando, e olhando a vendedora me mostrando a cinta com penis fazendo movimentos.

Comprei hiper ultra envergonahda o gel, afinal, era só o que eu queria, e saí da loja, rezando pra ng me ver. E eis que: um grupo de colegas de trabalho vem descendo as escadas rolantes.
Ok, posso morrer agora? Pensei...

Sai andando sem olhar pra nada, e meu celular toca:
-alô, srª Giseli, a srª esqueceu seu cartão de crédito aqui na loja.
- ahhhh pode quebrar e jogar no lixo ......... (pensei só)
Fiquei muda e quase tive realmente uma síncope.
Ainda tive que voltar lá pra pegar o cartão... aff...

Anos depois vejo o filme “de pernas pro ar” e quase choro de rir da mh situação no passado. E detalhe, fui no cinema com mh mulher e mh sogra. Pense na mh cara vermelha de novo kkkkkkkkkkk


Hj entro e saio do sex shop com a maior naturalidade, faço cara de mau, olho fixo pros olhos da vendedora e nada mais, peço o que quero levar e vou-me embora quase que desesperadamente sem olhar pra trás, tal e qual bandido sem querer voltar a cena do crime.


terça-feira, 23 de agosto de 2011

Cama Nova

Mais uma noite de insônia, só pra variar.
Na madruga, pensei em várias coisas pra contar aqui. Mas o sono salvador de 5h às 6h da manhã me fez esquecer.

Enfim, a idade Tb é um caso sério.

Ficamos uns 2 anos conversando sobre comprar uma cama nova. Sim, DOIS anos com a cama a ponto de cair. E eu como não acho dinheiro em árvore, tão pouco deixo as novas no sanitário, ia protelando, protelando...
Até que, ainda morando na casa da mh mãe, estávamos no quarto, namorando, toda animadinhas, de repente:
CRAAAAAAAAAAACCCCCCKKKKKKKKK

Um barulho enorme vindo da nossa cama. A mh mãe como um raio sai da sala e se prosta na porta do quarto, batendo desesperadamente:
- Ta tudo bem aí? Hein? Ta tudo bem aí?

Mh mulher coitada, como uma ginasta olímpica, salta do que restou da cama e chega no banheiro seguido de dois duplos mortais.
Mh mãe ainda tentando abrir a porta. Eu me acabando de rir:

- Ta Mãe, tudo bem, pode deixar.
- E esse barulho?
- Nada não... Tudo bem.
- Aconteceu alguma coisa?
-Nada mãe, pode ir, ta? Pode ir...

Resultado: Passamos horas sem sair do quarto, com vergonha da mh mãe, sem comer e sem beber água, e só o fizemos cerca de 6h depois qdo ela foi dormir.

E a Cama nova chegou em 1 semana, e BOX, que é mais resistente.


Adendo sobre os comentários:
Gente fala sério né? a montagem é tosca, mas foi só pra retratar. kkkkkkkkkk
e eu tava com pressa pra fazer outros trabalhos no photoshop kkkkkkkk 
Valeu a intensão kkkkkkkkkk

domingo, 21 de agosto de 2011

Mais uma TPM


A Fisiologia feminina não abandona uma sapa.
Por mais bofe que ela seja, pode coçar o saco até, mas o corpo feminino tem lá suas reações.
Além da MONSTROação, a TPM acaba comigo todo mês.
E eu, que já sou um anjo naturalmente, (pura ironia e sarcasmo) fico pior ainda.

Na Tendência Para Matar coisas poucas me tiram do sério, até os pássaros lindos que resolvem cantar na mh janela as 4h da manhã. E me dá vontade de atirar em cada um deles.
Na fase To Puta Mesmo, um simples bom dia pode me fazer virar uma serial Killer.

Estava na fila do caixa do banco, com umas contas na mão e cartão na outra. A mulher entra na mh frente, eu olho feio pra cara dela e ela diz:
- Ah, vc tava na fila?
- Não Querida (sinal claro do meu ódio), imagina, eu estava esperando meu Iate atracar. O que eu tenho na mão são bilhetes de entrada.

Fui comprar um viveiro maior pra mh Loira (a mh papagaia), tem um papel preso na frente do viveiro escrito: “papagaio R$ 180,00”
Chamo o vendedor, aponto pra gaiola, digo que quero levar e ele pergunta:
- a gaiola?
- Não. O papagaio que ta dentro dela, afinal está escrito aqui “papagaio R$ 180,00”, e eu achei lindo, olha como ele fala tudo, verdinho o papagaio.
O vendedor enfim tirou o viveiro da vitrine e pôs na mh frente. Paguei e fui embora com meu papagaio imaginário dentro da gaiola. 


Chegando em casa, troquei a Loira de lugar, pra sua casa mais nova e confortável. Tomei meu banho e o telefone de casa toca:
- vc ta onde?
- no dentista, mas não posso falar pq to de boca aberta.

Deitei pra dormir, pq iria trabalhar a noite no plantão, a mh mãe chega ACENDE A LUZ na mh cara e pergunta:
- Ta Dormindo?
Nem respondi, suspirei tão alto, na verdade, BUFEI. E ela ao invés de entender:
- Vc ta dormindo ou acordada?
- Espero estar tendo um pesadelo. 
- Ah tá volto depois. 
Escapei  por muito pouco de eu parecer nas primeiras páginas de todos os jornais pq eu não guardo armas e Facas no meu quarto. 




Mais ou menos assim


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Chat para meninas


A Super Liga das Sapatões Brasileiras lançou o LESBOO
Um Chat de relacionamentos para mulheres que gostam de mulheres. Aqui você irá encontrar mulheres de todos os cantos do Brasil e também do exterior. Junte-se a nós! Seja mais uma revoLucionária!

Vamos começar juntas uma revolução em matéria de chat e redes sociais. 
Em breve nossa rede social estará no ar. e Teremos tb uma rádio só pra nós. 

O Chat ainda é pequeno, mas com vcs queremos faze-lo crescer. queremos torna-lo uma potência. 

Tudo será feito com a ajuda de vcs meninas. Todo mundo vai poder participar e dar opiniões.


Vamos entrar nessa? 

é fácil participar: 
Basta add  group1048648@groupsim.com  no seu MSN 

Contatos:
 No twiter:
@supersapatao
@psycosapatao
@superglosbrisa 
@SuperGeekles 
@SuperSaltoAlto 

Ou pelo e-mail lesbook@live.com


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Raspadinha

 
Vida de Sapatão é cheia de comédias. E elas invariavelmente estão relacionadas ao sexo.
Mh mulher apareceu em casa com uma tal raspadinha erótica.
Ok, vamos encarar né?
fazemos tudo pela brincadeira.
Uns amassos, uns beijos e... pega a tal raspadinha.

Vc pega e lê o verso, com as suas instruções:


A 1ª delas é Jogar em Dupla. Ah claro, imagina se eu vou jogar sozinha, daí sai: MORDER + BUNDA e eu tenho que fazer contorcionismo é?
2ª raspar a parte cinza (que eu pensei que fosse fácil)
3ª Fazer o que aparecer (ah claro, vc compra uma merda dessa pra raspar e deixar de enfeite né?)

Começamos:

1ª tentaviva: nada da dita cuja raspar.
Tentamos tudo, unhas, moedas, chave, maçaricos...

2ª tentativa:  vc raspa MORDER + PESCOÇO. Ta até aí tudo bem, mas qdo vc começa a esquentar, a mulher quer voltar a raspar.
E assim, todo aquele processo de quase rasgar o papel e nada sair.

3ª tentativa:  vc raspa e aparece: ELE decide o que fazer + BUNDA.
Já me broxou...

4ª tentativa: -Raspa logo essa merda toda que eu não vou ficar perdendo meu tempo a cada vez que for raspar isso não. (essa, claro, nem imagina que fui eu quem disse ... kkkkkk)

Todas as opções raspadas, e satisfeita a curiosidade da mh mulher, recomeçamos a namorar, sem ter que parar mais. Se fosse um homem o cara já tinha broxado na 1ª raspada, como segurar tanto tempo?


Mas eu fiz questão de guardar como lembrança e para mostrar sempre a ela qdo ela me aparecer com algo novo, testar antes.


apresentando A desgraçada da raspadinha broxante.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Mais um trauma - Parte II


Como eu estava contando no post anterior da viagem a Cabo Frio, na Maravilhosíssima pousada em que ficamos.
Após passarmos a noite em claro, quer dizer, após EU passar a noite em claro me atracando com o cabideiro a cada vulto ou som desconhecido, nos preparamos para o café da manhã.
Já tinha pensado em ir embora pra casa, mas como a pousada era perto de uma praia ótima, algumas noites sem dormir não me impediriam de aproveitar.
Havia perguntado no dia seguinte o horário do café: 07:00h, disse o gerente. E esse era no restaurante Dentro da pousada.
As 07h30min saímos do quarto, demos uma volta na praia de ondas gigantescas, e por volta de 08h00min entramos no restaurante pro café. Algumas coisa estavam postas na mesa. E Havia um cara no balcão. Qdo íamos nos preparar pra tomar café, ele disse:
- O café só começa as 07h00min.
Eu, com muita calma e classe:
- Querido (olhando o meu relógio de pulso e comparando com o relógio de parede) são Exatamente 08h03min da manhã.

Ele em olhou com cara de “jáááááá????????????????” e disse que poderíamos começar a nos servir, pq ele terminaria de buscar as coisas.
E saiu correndo feito um louco, a primeira entrada triunfal dele, foi num tropeção, e um salto digno de Daiane dos Santos, munido de 3 garrafas térmicas na mão, mas conseguiu colocá-las sobre a mesa.
Ele perguntou:
- Vcs querem Ovos?
- Sim por favor
E sai desesperado o The Flash Praiano, de onde estávamos víamos qdo ele entrava correndo na cozinha e qdo ela saiu, com um bolo nas mãos. O Idiota me tropeça no mesmo lugar e Cai. Com a Cara atolada no bolo.
Com a mesma velocidade que ele correu e caiu, deu um salto do chão como um gato e pôs-se de pé. Nem nos olhou, e ainda teve a coragem de pôr o bolo na mesa.
De cara no bolo

Ainda não tínhamos tido tempo nem de rir nesse ínterim. Assim que ele virou as costas, caímos numa gargalhada sem fim. Ele entrou na cozinha e saiu com prato com ovos mexidos na mão, e eu, claro, sempre delicada, gritei do salão:

- Venha devagar agora pq não quero comer ovo depois que vc beijar ele.

Ele todo envergonhado deixou na nossa mesa e não voltou mais. Pediu a cozinheira pobre coitada pra retirar as coisas qdo acabamos.

Decidimos ir embora, pq né? O que mais poderia nos acontecer?
Pedimos um táxi pra rodoviária. Que meia hora depois não tinha chegado, passaram-se 1h e nada. E Diante das mhs reclamações com a recepção do hotel, o recepcionista pega cerca de 2 dezenas de cartões de motoristas de táxi e começa a gritar com o colega:
- pra quem vc ligou?
(Eu) – Como assim? Vc chama um táxi e nem sabe pra quem liga? Liga pra qualquer um que me chegue aqui em menos de 10 minutos pq eu não quero ficar nem um minuto mais nesse Lixo.(claro, com um tom de voz calmíssimo que fez com que mh mulher em menos de 2segundos fosse pra praia)
Sei que em 5 minutos uma fila de táxi me esperava. E nós passamos o resto de nossa viagem em casa, no aconchego de nosso lar. 

Alguma dúvida que não volto nem indico pra ninguém? 
Exagero, kkkkkkkkkkkkkk


terça-feira, 9 de agosto de 2011

Mais um trauma - Parte I

essas fotos eu que tirei


na Praia das conchas tinha até um pinguim. 




Como eu já contei aqui algumas vezes, eu e mh mulher adoramos viajar.

Nossas férias.
Procurei na net hotéis na região dos lagos do Rio. E achei um com fotos maravilhosas, beira da praia, lugar incrível.
Parecia.

Fomos de ônibus de viagem. Chegando em cabo frio, pegamos um táxi (pois no site da pousada dizia que era pertinho...) cerca de MEIA hora depois, de uma estrada de barro e buracos, que me faziam crer que o taxista iria me assaltar (pq certamente estuprar é que não era) chegamos a Pousada.

Realmente, de frente pra praia. Mas não nos disseram que era em frente a uma praia com ondas de 15Mts. Enfim, entramos. Fomos bem recebidas pelo proprietário da pousada, que nos levou até o quarto, que ainda estava sendo arrumado, então ele disse:
- já que aqui ainda está em preparação, vou deixar vcs numa suíte de LUXO

Acho que nós tínhamos entendido errado, pois a tal suíte não parecia nada ser de luxo, e sim um LIXO. As toalhas pareciam panos de chão (ainda bem que mamãe me ensinou a sempre levar a mh), a janela não fechava e o tal quarto era de frente pra rua. E a cama? A cama parecia um motor sem óleo.
Bom, não deixamos isso estragar nossa viagem e saímos pra almoçar, tendo em vista que no site dizia que tinha restaurante lá.
Perguntei ao tal dono onde era o restaurante. E eis que ele me aponta pra um quiosque no meio da areia, e nesse dia estava uma ventania horrenda. Fomos comer, e Graças a Deus a comida nem era tão ruim, apenas temperada com areia da praia. E fora o fato de que precisávamos segurar o prato com uma das mãos, nada mais sério.

Resolvemos ir até uma praia que pudéssemos entrar na água sem ser de prancha de surf.
E ele (o gerente FDP) disse que a praia das conchas era logo ali.
Esse logo ali significa: andar meia hora na areia fofa da praia, pois não havia outro jeito de onde estávamos.
A Praia das conchas realmente era linda, passamos a tarde lá. Águas calmas e tranqüilas. Então, voltamos mais meia hora na areia fofa. Começou a escurecer com uma velocidade incrível. E em 5minutos já era meia noite (metáfora). Cada barulho das árvores nossos corações pareciam saltar pela boca. E o que deveria ser um trajeto de meia hora durou menos de 10min tamanha nossa velocidade associada ao medo.

A Noite na pousada foi triste.
A Janela que não fechava, tinha uma cortina idem.
A cama ficava bem na direção da janela. Namorar, nem pensar, sem que fôssemos a sensação do hotel.
Mh mulher tadinha, morta, com medo de dormir por causa da janela.
Fui até o raio da janela, e disse que tinha conseguido fechar. Ela dormiu.
E eu passei a noite inteira olhando pra janela com um cabideiro estrategicamente posicionado perto de mim, pois cada vulto que passava na rua, eu pensava que iria nos assaltar.

E fomos tomar café.
Mas esse café da manhã tem uma história a parte e conto no próximo post 




Essa era a foto do site da pousada. Alguém diz que vc precisa se enxugar com um Pano de chão?


sexta-feira, 5 de agosto de 2011

A arte de ser sapatão

Ser lesbica tem suas vantagens e desvantagens.
A maior vantagem, todo mundo conhece: Mulher. Mas tem inúmeras outras, que não vou relatar nesse post.

As desvantagens, são várias: trocar lâmpada, trocar pneu de carro, bujão de gás... entre outros serviços pesados.

Hospital onde trabalho.
Fim de semana é a glória para nós. Inúmeros estagiários se acotovelando para fazer tudo e vc só observando.

Surgiu uma sonda pra passar. Sonda vesical / urinária.
Várias estagiárias enlouquecidas pra fazer o procedimento. Selecionamos uma dupla. Em 5 minutos elas voltaram com sorrisinhos e envergonhadas. Mandaram uma segunda dupla, voltaram da mesma forma. Passadas umas cinco duplas e a sonda do paciente nada de ser colocada. E vi que mhs colegas de plantão (que não eram do setor, logo não conheciam os pacientes) foram. E voltaram.

Até que depois de alguns cochichos e risinhos acharam a solução pro problema delas: EU.
 
Já fui esbravejando. Reclamando que ninguém sabia passar uma sonda, qual seria o problema?
Peguei a Bandeja, cheia de atitude e moral, e fui. Atrás de mim, um batalhão de meninas + as colegas do plantão.

Abri a cortina do Box do paciente.

- Bom dia seu Heleno, como vai? Vamos passar sua sondinha?
Levantei o lençol.

- Seu Heleno, quer fazer o favor de baixar esse pau? Que coisa feia. O senhor não tem vergonha né engraçadinho...

E Passei a mh sonda na maior tranqüilidade. Sob os olhares espantados da mulherada atrás. Quando acabei, elas vieram atrás de mim, perguntando como eu fiz pra abaixar o dito cujo.
(lógico que todo mundo deve ter pensado, ah a sapatão broxou o cara)

- Ora gente, era só ter lido o prontuário do paciente antes de começar né? Ele usa prótese peniana. Ou vcs acharam que ele estava era louco de desejo por vcs?
E eu broxei o cara.




quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Sono, muito sono zzzzzzz

Não lembro se já comentei aqui, mas eu sou enfermeira.
(ah contei sim, meus pensamentos estão desconexos hj)
Cheguei hj de manhã do meu plantão.
Com tanto sono, que creio que nem se dormisse o sono do mundo eu me sentiria melhor.
E vc se pergunta: o que faz uma criatura caindo de sono no PC?
Simples a resposta: Pobres mortais da enfermagem geralmente trabalham em 2 ou mais empregos. E o sono é sempre nosso vilão.

No início do ano, estava vindo de um plantão de apenas 12h. Mas o lugar era longe, e eu acordava as 03:30h da manhã, entrava as 07h, saía as 19h, mas pegava um puta engarrafamento que me fazia chegar depois das 22h.
Estava no segundo ônibus, já passava de 21:30h, e o sono foi me dominando, dominando, dominan...... zzzzzZZZzZZzZzzzZzz

ZZZZZZZZZZzzzzzzZZzzZzZzzZZZ

-Hum? Que? Hã? Ah sim, a história. Eu vou lavar o rosto...

Estava no segundo ônibus, e eis que o sono me dominou, lindos sonhos (isso mesmo, cheguei a sonhar) chegaram... até que eu estou passando do ponto. Levanto desesperadamente, pego mhs trouxas e saio gritando:

- MOTORISTA, PÁRA O ÔNIBUS. PASSEI DO PONTO. PÁAAAAAAARA.
(ah claro, a essa altura, todo mundo olhando pra mh cara.)

O trocador que me conhece há anos me disse:

- Gi, vc não ta indo pra casa não?

- TÔOOOO (desesperada) passei do Ponto. Nem sei onde estou.

- Mas ainda faltam uns 10 minutos pra sua casa.

Ah sim, agora imagine mh cara, segurando a mochila e o casaco de qualquer jeito, em pé no meio do ônibus, e TODOS me olhando. Vergonha é pouco. Eu queria que o mundo acabasse ali naquele momento. Que uma Nave espacial abduzisse a todos nós e fizesse uma lavagem cerebral. Me limitei a sorrir desconcertada e VERMELHA como só eu e dizer:

-Acho que sonhei que passei do ponto.

Sentei-me num banco mais perto da porta. Qdo o ônibus parou na frente da mh casa, como um raio em 2segundos eu estava dentro de casa com a porta trancada. 



Era exatamente isso que eu queria que acontecesse... O tomate na janela sou eu =D



(tem coisas que só eu mesmo viu?)

sábado, 30 de julho de 2011

Movimento LGBT irá fazer twittaço em forma de protesto a homofobia

Movimento LGBT irá fazer twittaço em forma de protesto a homofobia

Manifestação acorre no dia 03 ao dia 04 de agosto
 Pelo o facebook e twitter, o Grupo NÃO HOMOFOBIA convoca LGBTs a participar de um "twittaço" contra pessoas homofóbicas com a seguinte hashtag: #AmaivosUnsAosOutros em protesto as declarações do Pastor Silas Malafaia, Jair Bolsonaro e outros que estimulam a violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Veja mensagem do Grupo:

A ideia é twittarmos do dia 03 ao dia 04 de agosto, o dia inteiro, em um grande twittaço e divulgarmos a hashtag #amaivosunsaosoutros como forma de protesto frente às declarações de Malafaia, Bolsonaro, Magno Malta, Myurian Rios e companhia.

No twittação NÃO iremos agredir Malafaia nem seus pares. NÃO iremos debater com as pessoas, NÃO aceitaremos provocações. VAMOS SOMENTE postar frases que falem de amor, de igualdade, respostas às mentiras e calúnias que estas pessoas vociferam contra nós.
 
Clique AQUI pra ler todas as intruções

o meu twitter @psycosapatao

fonte da reportagem: http://www.gay1.com.br/ 

domingo, 24 de julho de 2011

Sapatão na TPM

Ontem fui ao shopping com mh mulher comprar um presente pra uma criança de 4 anos.

Ela e eu entramos em várias lojas infantis e nos deparamos com um Walk Talkie do homem aranha.  Vimos outras coisas mas nada nos interessou. Fomos direto ao caixa:

(a retardada) - R$ 50,00
(mh mulher) - Débito, por favor
(a retardada) - a senha 
(mh mulher) - em caso de defeito, como faz pra trocar? 
(a retardada) - 3 dias úteis. 
(mh mulher) - Gostaria do ticket de presente
(a retardada) - a senhora deveria ter dito antes da compra
(eu, até então calada) - Ah claro, a senhora não percebeu que era pra presente pq esse talkie é nossa cara. NÓS é que iremos brincar com ele, VESTIDAS de Aranha. Ela no quarto escondida e eu pela casa procurando a mh aranha. Pq vc percebeu né? Adoooooooooro aranhas. Imagine a cena. que loucura! Fantasia sexual.



Eu sei que estou na TPM, que ando mais estressada que o normal. Mas PORRA. a Caixa é alguma retardada?????? Duas sapas comprando brinquedos de criança.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Hora do sufoco

Imagem criada por Ila Fox, Conheça mais do trabalho dela: Aqui
 
Agora a pouco, conversando com as @_peganaminha e  @SAPAFEELINGS  no twitter,  me lembrei de um caso na época de escola.
Fazia o técnico de enfermagem.
E fomos “convidados” (subentenda-se: OBRIGADOS) a ir a um projeto social numa comunidade (entenda claramente: O alto do morro). E lá fomos os melhores alunos selecionados (algo me diz que nos selecionaram pra ver se acalmavam nossa hiperatividade). Éramos um grupo de cerca de 6 pessoas, com nossa professora a Iara (leia a história dela aqui)
A Prefeitura ficou de nos enviar quentinhas na hora do almoço, e deu 12h, deu 13h, deu 14h, o povo não parava de querer verificar pressão e glicose, deu 15h e a nossa glicose já estava baixa e nada da quentinha chegar.
Até a água destinada a nós não era confiável. O projeto acabou as 17h e nós, adolescentes em fase de crescimento, enlouquecidos de fome e desespero, já havíamos chupado todas as nossas balas, até aquelas mais velhas perdidas na mochila, que já havia virado lixo radioativo.
E eis que avistamos uma lanchonete que parecia ser possível comer. O que não era muito difícil, pq adolescente come em qualquer lugar mesmo. 
Nosso cardápio: MEGA X-TUDO, só que eu e algumas das meninas não comíamos ovo. E o Leandro, nosso amigo Lixão, pediu a pessoa da Lanchonete que pusesse os OVOS que não seriam consumidos por nós (e na cabeça deles pagos Tb) no sanduíche dele.  Leandro comeu um X-tudo com 5 ovos.
Na descida do morro ele começou a mudar de cor, de branco ficou amarelado, passando pro verde abacate até chegar no azul. Com cólicas intestinais violentas. Achamos um lugar onde ele pudesse se aliviar, daí, começou a busca pelo papel higiênico, no banheiro não tinha, e nós Tb não.
Cerca de meia hora depois sai Leandro do banheiro (meio duvidoso Tb) com um pé de meia e outro sem.
E desde então, ele passou a usar DOIS pares de meia. Para evitar sufocos.

Lisinhas sim!

Todo mundo já fez isso em alguma época da vida




Condução cheia.
Vc tem duas coisas pra passar o tempo: Ler ou conversar.

No quesito LER, temos duas variantes:
 Ler o SEU jornal, Livro, Tablet ou celular e
Ler os dos outros.
Quem nunca se viu dando uma espiadinha no jornal do vizinho?

E Conversar também tem 2 variações básicas: VC conversa com alguém (pessoal ou no telefone) ou
Presta atenção da conversa de alguém.

E nem adianta dar uma de puritana ou santa, pq TODO mundo já fez isso alguma vez na vida, Pois diz bem uma amiga minha: a audição não é seletiva. A visão, nós conseguimos desviar, já a audição... 



Estava essa semana na condução, cerca de 5 pessoas dividindo um Jornal. O dono do folhetim chegava olhar para as pessoas a sua volta, e meio que acenava, como quem diz: -Posso virar a página?  As pessoas sem graça, desviavam o olhar por um momento, e retornavam a leitura.
Entretanto, o Jornal era um dos piores, desses que custam R$ 0,50, e eis que numa das páginas, surge a foto de uma mulher linda, de roupas intimas e abaixando a calcinha, para deixar a mostra a sua depilação. Foi quanto a mh leitura foi desviada para a conversa de 3 “gospel Teens” Lindas e foférrimas  que Tb estavam lendo o jornal:

(linda 1) - A pastora ontem falou sobre isso. Mulher não tem que se depilar, isso é coisa do mal.
(linda 2) - Eu sei, menina. Eu apenas dou uma aparadinha, os pelos são necessários, senão Deus não teria nos dado eles.
(linda 1) – Eu não tiro nada. Deixo tudo do jeito que está.
Eu olhava atônita e com um certo nojo das meninas, que de lindas, se tornaram verdadeiros monstros pra mim
(linda 2) – Meu namorado sempre diz que é louco pra pentear meus cabelos.
                                                    
O.o (quase morri e vomitei na pessoa ao lado com essa)

(linda 3) – Ai gente, eu tiro tudo, deixo lisinha, bem mais higiênica, cheirosa...
(linda 1) – CRRRRUUUUUUUUUZESSS Mell ta amarrado em nome de Cristo.

E eu pensando (na verdade eu estava crente que estava pensado, mas saiu alto)
- Ai Graças a Deus, nem tudo nesse mundo está perdido.

Imagina, ng reparou que eu era Lesbica depois dessa....

Mas as Peludas que me desculpem, ser careca é fundamental. No máximo um bigodinho de Hittler!!



Eu já imaginava as Gospel teens assim. 

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Minhas belas madeixas

Achei essa foto na net, mas é igualzinho a mh infância kkkkkkkkk


HJ uma amiga postou fotos da infância e me lembrei da delicadeza de como mh mãe penteava meus cabelos à época.
Eu tinha cabelos longos, na cintura. Graças a Deus lisos.
E todos os dias antes das aulas eram uma tortura.
Mh mãe queria prender meu cabelo com os mais Belos penteados dos anos 80.

Isso incluía:
> Rabos de cavalo (que me faziam parecer uma chinesa, com olhos tão puxados)
> Rabos de cavalo lateralizados (que me faziam parecer uma chinesa Caolha, pois puxava mais de um lado)
> Maria chiquinhas estilo Xou Xuxa (mas que na volta pra casa vinha como a Chiquinha do Chaves) 

cabelos mais ou menos assim

 
Eu ia pro colégio com altas recomendações para não me despentear. Mas voltava toda descabelada, pois a dor de cabeça era grande, e eu sacudia tanto os cabelos até soltar.
Mh mãe ia me buscar, e vinha falando reclamando horrores por todo o trajeto até em casa.


Eu voltava assim da escola




Uma vez ela operou, e ficou um tempo internada.
meu Pai, sem conseguir cuidar de duas crianças com cabelos na cintura, levou eu e mh irmã num salão, e pediu “um corte que fosse fácil de cuidar”, e saímos Lindas e Saltitantes com nosso cabelo cortado CHITÃOZINHO E XORORÓ.

Fomos visitar mh mãe no hospital logo depois e ela em recuperação, prestes a sair de alta. Pois bem: a mãe teve uma crise de angina, e quase foi parar no CTI, tamanho o desespero de ver as nossas lindas madeixas cortadas daquele jeito.
Ficou quase mais 1 mês internada. Coitada. 

Eu e mh irmã

E nós levamos quase 4 anos pra recuperar o mesmo cabelo de antes.
uma coisa só foi boa: Não tinha mais meu olhos de chinesa.

Pesquisar este blog