domingo, 28 de agosto de 2011

A primeira vez



Nem sempre fui Lesbica. É verdade.
Já fui Ht (hétero, pra quem não é íntimo da linguagem) tive namorados, fui noiva.
Não foi nenhuma decepção que me fez virar Les, como muitos pensam, foi o amor.
Pura e simplesmente o amor.

E depois de um tempo de relação, resolvi encarar um sex shop. Pra comprar uns tais géis térmicos pra massagem. E há quase 10 anos atrás, internet era para poucos...

Eu, tímida que só, fui sozinha, pq mh mulher claro, tinha que deixar eu pagar esse mico só. Ela jamais entraria numa sex shop (aliás até hj, se ela entrou 2x foi muito)

Escolhi um sex shop bem escondido. No subsolo de uma galeria.
Ok desci as escadas rolantes e me deparo com um manequim vestido com uma tanga de ELEFANTE. Passado o susto inicial, rondei a frente da loja como se estivesse procurando algo caído pelo chão. Num dado momento, qdo ninguém estava olhando, ME JOGUEI pra dentro da loja. E ao entrar, crente que eu estava a salva. Tinham 2 casais e 3 meninas na loja.
PQP, todo mundo resolveu comprar brinquedos na mesma hora que eu?
Qdo eu ia fugindo sorrateiramente a vendedora me segura pelo braço. A mh cara não poderia estar mais vermelha. Enfim, pedi pra ver o gel.
E a vendedora, quase grita:
- ahhhhhhhhh mas eu tenho um ótimo que esquenta e é adstringente, a vagina fica toda inchada.
PUTZ eu queria um buraco pra me esconder. Nesse momento todos os fregueses da loja estavam a mh volta pra ver o tal gel. Que há quase 10 anos atrás era super novidade.

Disse que ia levar e queria sair correndo da loja, mas a vendedora não deixou.
Veio me mostrar um gel que qdo o PENIS (oi? Hein? Como assim? )então, qdo o pênis entra a parada aquecia, e qdo saía o gel deixava gelado.
Eu olha pra ela com cara de “- Meu amoooorrrrrr eu to com cara de quem quer deixar penis entrar e sair hein?”

Não satisfeita, ela ainda pegou uma cinta com penis e VESTIU.
Sim, ela vestiu e mostrava como usar... como um buraco não me tragava da terra, eu estava a ponto de simular uma síncope e tal... mas seria pior.
O que fazer?
As pessoas da loja me olhando, e olhando a vendedora me mostrando a cinta com penis fazendo movimentos.

Comprei hiper ultra envergonahda o gel, afinal, era só o que eu queria, e saí da loja, rezando pra ng me ver. E eis que: um grupo de colegas de trabalho vem descendo as escadas rolantes.
Ok, posso morrer agora? Pensei...

Sai andando sem olhar pra nada, e meu celular toca:
-alô, srª Giseli, a srª esqueceu seu cartão de crédito aqui na loja.
- ahhhh pode quebrar e jogar no lixo ......... (pensei só)
Fiquei muda e quase tive realmente uma síncope.
Ainda tive que voltar lá pra pegar o cartão... aff...

Anos depois vejo o filme “de pernas pro ar” e quase choro de rir da mh situação no passado. E detalhe, fui no cinema com mh mulher e mh sogra. Pense na mh cara vermelha de novo kkkkkkkkkkk


Hj entro e saio do sex shop com a maior naturalidade, faço cara de mau, olho fixo pros olhos da vendedora e nada mais, peço o que quero levar e vou-me embora quase que desesperadamente sem olhar pra trás, tal e qual bandido sem querer voltar a cena do crime.


5 comentários:

Jull disse...

kkkkkkkkkkkkk como eu coloquei no meu blog, venho qui pra dar muita risada, e nao sei como mas consigo visualizar a cena srª Giseli

Angie disse...

Ri mto!
Imaginando vc com vergonha!
kkkkkkkkkkkkkkkk

blacklorys disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
to rindo tanto q minha mae ta perguntando se eu to passando mal,
melhorou meu domingo 100% excelente

david era uma vez... disse...

Oi Gis!

Essa vendedora era uma xarope isso sim! ela tava la fazendo show para deixar clientes constrangidos (nesses casos constrangidos não dizem não...compram pra se livrar do mico).
Onde eu moro, não existem lojas, existem tiazinhas que vendem em domicilio... eu acho moooito pior!!!

Beijos Gis

Escaminha disse...

Que situação hein....kkk
Eu não tenho vergonha, mas a minha mulher morrrrrrrre de vergonha!

Pesquisar este blog